quarta-feira, abril 04, 2007

os clássicos da L.M.

Os desenhos clássicos da Literatura Marginal, duas capas das revistas foram feitas pelo South e uma pelo Leprechaum.
era foda levar os desenhos, como não tínhamos gravadores de cd's, agente tinha que levar a torre do computador para a sede da Caros Amigos, que fica na rua Fidalga, e daqui dava mais de uma hora de buzão de Pinheiros, e de lá mó caminhada pra chegar, depois do esforço todo, o trabalho impresso era nosso prazer.
muito corre pra selecionar também as bancas que receberiam primeiro a revista, já que é de praxe colocar só nas melhores (entenda-se Paulista, auto de pinheiros e por ai vai) pelos números de vendagens.
mas agente fez o contrário e privilegiou bancas nas perifas de Sampa e de todos os estados, foi foda, uma a uma agente ia marcando no mapa.
se não deu para o cara comprar, ele viu a capa, ele viu algo que tinha a cara dele, e teve a oportunidade disso estar perto dele.






mas eu continuo com fome, com frio e tenho medo.
vixe, arrumei tanta treta por causa dessa estampa, e depois que fiz a camisa, mas é a que eu mais gosto. pura contestação.


4 Comments:

Blogger Renato said...

Ferréz,

É com imenso prazer que parabenizo você e os outros realizadores do livro Literatura Marginal.

Ainda não li o livro mas sei do projeto pelas edições especiais da Caros Amigos. E tenho certeza que no livro estão todos os ingredientes que fizeram a L.M. ter uma excelente repercussão.

Coloquei um link para este blog na minha página e sempre que posso procuro divulgar seus trabalhos, pois acho ótimos.

Força nas suas correrias e um abraço respeitoso.

3:23 PM  
Blogger zapp said...

po!!! cara, religiao,e assim mesmo politica,aborto,sao ainda tabus que precisam ser quebrados com nossas opiniao

5:14 AM  
Blogger nelson pires romera junior said...

Ferrez, a alguns anos acompanho o seu trampo! De alguma forma sua obra foi um paralelo para o meu trampo também, mais ou menos um misto de amor e ódio é o que sinto pela sociedade, graças a Deus não fui atropelado pelas drogas e taopouco alvejado, sobrevivi..., depois de tantos atropelos estou terminando meu primeiro trabalho literario! Obrigado parceiro! é nóis! Nelson Romera

7:31 PM  
Blogger Fanzine Episódio Cultural said...

O Fanzine Episódio Cultural é uma publicação bimestral (Machado-MG/Brasil) sem fins lucrativos distribuído gratuitamente em várias instituições culturais. De acordo com o editor e poeta mineiro Carlos Roberto de Souza (Agamenon Troyan), “o objetivo é oferecer um espaço gratuito para que escritores, poetas, atores, dramaturgos, artistas plásticos, músicos, jornalistas... possam divulgar a sua arte”.

Sobre o poeta e editor:

1964: Nasce em Machado-MG
1966: Muda-se para São Paulo/SP, onde surge sua paixão pelo Cinema.
1995: Retorna para Machado, passando a pesquisar a trajetória do Cinema local.
2005: Edita a Revista do Cinema Machadense (1911-2005)
2006: Compõe três letras gravadas pela banda finlandesa “Força Macabra”
2008: Lança o livro “O Anjo e a Tempestade” sob o pseudônimo Agamenon Troyan.
2008: Edita o Fanzine Episódio Cultural
2009: Edita o Jornal Ciclone
2010: Novo membro da Academia Machadense de Letras
2010: Destaque do ano (Troféu Carlos Drummond de Andrade”/Itabira-MG)

7:08 PM  

Postar um comentário

<< Home